Essa é uma pergunta muito interessante!
Rir é bom! Relaxa os músculos do rosto e massageia os órgãos internos.
A leveza chega….
Como diria o poeta e músico Frejat, mas, ” … rir de tudo é desespero…”!
Rir do que causa espanto. Antídoto para o mau humor!
Um amigo querido, divertido e bem humorado faz piadas inteligentes. Inspirado em cenas do cotidiano. Sem moralismo, preconceito ou algo parecido, me faz dar risadas deliciosas!
Ultimamente, tenho aprendido a rir de mim mesma. Contrariando o ego que teima em se fazer presente no comando das situações. Impondo o seu rigor.
Cena: dia chuvoso e nublado. Feriado. Saio, de manhã, da escola onde pratico meditação.

Escorrego na calçada lisa e molhada. Tombo fantástico. Caio sentada no chão. Fico com as pernas para o alto, sentindo a calça jeans e camiseta molhadas! Não me preocupo com a roupa, se alguém vê a cena. Começo a rir muito. Estatelada na calçada. Levanto. Pego o guarda-chuva. Andando alguns metros. Entro no supermercado como se nada tivesse acontecido.
A vontade de rir me acompanhando!
É isto! Olhar a vida com imaginação, alegria e olhos criativos.
Caminhar como um ator atuando no drama da vida!

Pin It on Pinterest

Share This