Cena do filme “O Último Samurai”.
O personagem Nathan Algren, interpretado pelo ator Tom Cruise, antecipa a visão da luta que irá travar com os seguranças do imperador.
Em milésimos de segundos vê a aproximação dos homens, os movimentos que fará para defender-se e suas próprias emoções.
O diretor filma a cena em slow motion e na sequência a cena como, de fato, aconteceu.
As imagens são um exemplo do estado de presença do “Samurai”.
Presença pode ser compreendida como o estado de atenção plena em relação a si, ao outro e ao ambiente.
Ao meditar consigo experimentar o domínio sobre o poder pessoal e a força da presença.
Silenciando a mente, numa atitude de autorrespeito, sem julgamentos, críticas ou rótulos. Reduzindo a intensidade e o fluxo dos pensamentos.
Então, posso movimentar o poder pessoal sem desvios de rota.
Estar presente de corpo e alma, em pensamentos, palavras e atitudes.

Pin It on Pinterest

Share This